HOMEOPATIA:
Ciência, Filosofia e Arte de Curar


Publicações do Autor 

Homeopatia: desinformação e preconceito no ensino médico - RBEM 

Homeopatia: desinformação e preconceito no ensino médico - RBEM

Teixeira MZ. Homeopatia: desinformação e preconceito no ensino médico. Revista Brasileira de Educação Médica 2007; 96(2): 135-7.

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v31n1/03.pdf

 

Resumo

Embora a homeopatia seja uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina desde 1980, com pressupostos científicos estabelecidos, aplicação clínica diversa, projetos nas áreas de pesquisa básica e clínica, oferecida nos serviços públicos de saúde e com iniciativas de ensino na graduação médica, a desinformação sobre esta peculiar racionalidade se encontra arraigada na cultura médica. Este estudo objetivou mensurar a desinformação quanto aos pressupostos homeopáticos existente entre estudantes de Medicina participantes do 33º Encontro Científico de Estudantes de Medicina (São Paulo, 2003). Foi aplicado um questionário auto-responsivo no início de uma atividade didática, no qual o conhecimento foi mensurado. Os respondentes consideravam como 'prerrogativas da homeopatia': o tratamento natural (18%), o efeito placebo (14%) e o aspecto místico-religioso (4,5%); 'indicações do tratamento homeopático' se restringiram às doenças crônicas (52%) ou psicossomáticas (18%); 'inexistência de fundamentação científica' pela pesquisa básica (21%) ou clínica (29%); 'morosidade na resposta terapêutica' (57%); e 'isenção de efeitos colaterais' no uso inadequado do medicamento homeopático (71%). Perante outros aspectos, 43% dos estudantes não reconheciam a homeopatia como uma 'especialidade médica'; a totalidade ignorava que ela estivesse 'disponível em serviços públicos de saúde'; 64% desconheciam sua 'inclusão no currículo de algumas faculdades de Medicina'; e todos os alunos se mostraram 'bastante interessados em aprendê-la', na forma de disciplina obrigatória (64%) ou optativa (36%). Sugere-se que a informação acerca dos aspectos fundamentais da homeopatia seja transmitida nos primeiros anos da graduação médica.

 

Abstract

Although homeopathy is a medical specialty recognized by the Federal Counsel of Medicine since 1980, with established scientific purposes, diversified clinical applications, projects in basic and clinical research, available at the public health services and with initiatives towards inclusion in the curriculum of higher medical education, the lack of information about this peculiar practice is still deeply rooted in the medical culture. The aim of this study was to measure the lack of information about the premises of homoeopathy existing among medicine students participating in the 33rd Scientific Meeting of Medicine Students (33º Encontro Científico de Estudantes de Medicina) – São Paulo, 2003. The knowledge was measured by means of a self-applicable questionnaire distributed in the beginning of the didactic activity. The students answering the questionnaire considered 'prerogatives of homeopathy' natural treatment (18%), placebo effect (14%), and the mystic-religious aspect (4.5%); 'indications for homeopathic treatment' were Recebido em: 23/02/2006 restricted to chronic diseases (52%) or psychosomatic diseases (18%); 'inexistence of a scientific basis' was affirmed by basic research (21%) and clinical research (29%), 'slow therapeutic response' by 57%, and 'absence of adverse effects' in case of inadequate use of homeopathic drugs by 71%. Above all, 43% of the students did not recognize homeopathy as a 'medical specialty', all of them ignored that it was 'available at the public health services' and 64% did not know about its 'inclusion in the curriculum of some Medical Schools'. Considering that all students demonstrated 'great interest in studying it', be it as compulsory (64%) or as optional discipline (36%), it is suggested that information about the fundamental aspects of homeopathy should be transmitted in the first years of medical graduation.

 

Estudo associado

Klüppel BLP, Teixeira MZ, Candeia R, Vasconcelos V, Lucena L, Anjos D. Conhecimento e interesse dos estudantes de medicina participantes do ECEM 2010 frente à homeopatia. Revista de Homeopatia (São Paulo). 2011; 74(3): 7.

Disponível em: https://aph.org.br/revista/index.php/aph/article/view/74

 



HOMEOPATIA:
Ciência, Filosofia e Arte de Curar

Prof. Dr. Marcus Zulian Teixeira
Rua Teodoro Sampaio, 352 - Cj.128
CEP 05406-000 - São Paulo - SP
(11) 3083-5243 | 3082-6980
marcus@homeozulian.med.br
Todos os direitos reservados a Marcus Zulian Teixeira - Escritório de Direitos Autorais - Fundação Biblioteca Nacional